quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Alan Walker - Faded

67: Sous un ciel d’été - Nora Roberts


Titulo: Sous un ciel d’été

Titulo Original: Less of a stranger; The law is a lady; Opposites attract

Autor/a: Nora Roberts

Editora: Harlequin /Mosaic

Género: Romance Sentimental

Páginas: 560


Sinopse: Une brise légère qui soulève les rêves. Une lumière chaude qui dore l’âme et le cœur. Le doux murmure de l’océan, comme un soupir répété… Larguez les amarres et voguez, sous un lumineux ciel d’été, au gré des histoires de Megan, Tory et Asher. Des histoires fortes, tumultueuses, portées par des héroïnes indomptables.
Comentário: O problema com este livro é que reúne 3 livros que mais parecem novelas. Soube a pouco, a autora vai praticamente directa ao “assunto”, os protagonistas conhecem-se, um ou dois arrufos, um pedido de desculpas e final feliz. Não existe grande intriga, vilões são uma espécie rara em vias de extinção neste livro. Os protagonistas até são interessantes, e a historia de base também, mas falta serem desenvolvidas da melhor forma. Em resumo: intrigas agradáveis a ler, mas que se acabam por esquecer, mal se fecha o livro.

Nota Geral: 2.5/5
Escrita: 3
Cenário: 2.5
Originalidade: 2.5
Personagens: 2.5
Suspense: 2
Humor: 2.5
Romance: 2.5
Capa: 3
Aditivo: 2.5
Previsível: 2

66: Le menteur - Nora Roberts


Titulo: Le menteur

Titulo Original: The liar

Autor/a: Nora Roberts

Editora: Michel LaFon

Género: Romance Sentimental

Páginas:414



Sinopse: Shelby Foxworth a d'abord perdu son mari, puis ses illusions. Car celui qui l'a sortie de son Tennessee pour une vie dorée dans la banlieue de Philadelphie était un menteur. Infidèle et faux comme le diamant qu'il lui a passé au doigt, il la laisse criblée de dettes. Et quand elle ouvre son coffre-fort, c'est pour y trouver des papiers d'identité multiples, de l'argent liquide, et une arme.
L'homme qu'elle aimait n'est pas seulement mort : il n'a jamais existé. Se réfugiant alors avec sa fille de trois ans dans sa ville natale, Shelby se reconstruit peu à peu et redécouvre timidement l'amour avec un riche et séduisant entrepreneur. Mais même dans cette petite ville isolée, le danger est plus proche que Shelby ne peut l'imaginer.
Comentário: A autora manteve-se fiel ao seu estilo. Apesar de ter gostado achei um pouco morno, faltou alguma intensidade à intriga, alguns cenários e diálogos. Gostei das personagens, mas muitas vezes a protagonista irritou-me de tão contraditória. A intriga: quando o marido da protagonista, Shelby, morre num acidente de barco, esta descobre que viveu numa ilusão, que nada do que acreditava era real, e que estava cheia de dividas. Quando conheceu o marido abdicou do sonho de ser cantora, e deixou-se seduzir. A realidade não foi simpática, mas agarrou-se ao casamento pela filha de ambos. A morte do marido foi ao algo trágico, mas ao mesmo tempo, libertador para ela. Sozinha regressa a casa da família e à pequena vila que tinha abandonado. O regresso é um misto de emoções, felicidade, tristeza, receio e culpa. Com a ajuda da família e de amigos com os quais renova, começa a reconstruir a sua vida. Mas com o passar do tempo, vai descobrindo quem era na realidade, o marido, e os segredos que escondia. Sem quere vai estar envolvida num roubo, e numa investigação criminal, que com o passar do tempo começa a por em risco a sua vida e a da sua filha. Questão romance: gostei, mas foi tudo muito rápido, sem grandes dramas, eu gosto de um pouco de drama. Selby vai começar a sair com Griff, um empreiteiro, amigo e socio do noivo da melhor amiga. O Griff é o tipo de protagonista adorável, seguro, de fiar. A inimiga de adolescência da Shelby, muito patética, poderia ter sido melhor aproveitada.

Nota Geral:2.9 /5
Escrita:  3
Cenário: 3.5
Originalidade: 3
Personagens: 3
Suspense: 2.5
Humor: 3.5
Romance: 3
Capa: 2
Aditivo: 3
Previsível: 2.5

Balanço Julho



páginas
2708
livros
10
séries ( terminada: 1)
8
trilogias (terminada:0)
1
independentes
1
novos autores
3

terça-feira, 16 de agosto de 2016

63; 64; 65: Meilleurs ennemies ; Sœurs de cœur ; Le choix de Nina - Susan Mallery


Titulo: Meilleurs ennemies ; Sœurs de cœur ; Le choix de Nina

Titulo Original: Barefoot season ; Three sisters ; Evening stars

Autor/a: Susan Mallery

Editora: Harlequin

Género: Romance

Páginas: 418; 336; 352


Sinopse: De meilleures ennemies à meilleures amies, il n’y a qu’un pas. Sauront-elles le franchir ? Aux yeux du monde, Michelle Sanderson a peut-être l’air d’une femme forte et indépendante ; mais, secrètement, elle se sent toujours comme la jeune fille qui, jadis, a fui Blackberry Island, chassée par la honte. Michelle ne pensait jamais retourner sur l’île de son enfance ; pourtant, aujourd’hui, elle n’a pas le choix : il faut qu’elle s’occupe de l’hôtel des Baies, que sa mère lui a légué. Mais, au lieu de trouver un établissement prospère, elle découvre un hôtel croulant sous les dettes, géré par la dernière personne au monde qu’elle aurait voulu revoir : Carly Williams, l’amie dont elle était inséparable jusqu’à ce jour noir où tout a basculé. Malgré la violence des émotions qui la submergent, Michelle comprend très vite que, si elle veut sauver son héritage, elle va avoir besoin de l’aide de Carly. Il faut à tout prix qu’elles réussissent à oublier la rancœur et l’amertume du passé pour unir leurs forces. Le temps de la trêve est venu.


Elles sont trois, posées là, sur la falaise, depuis plus d’un siècle. Les trois plus anciennes maisons de Blackberry Island, que tout le monde appelle les « trois sœurs ». Entre leurs murs vivent trois jeunes femmes, chacune à un tournant de sa vie.
Andi vient d’emménager dans la plus délabrée des trois maisons, après avoir été lamentablement larguée par son fiancé. Elle a bien l’intention de reconstruire sa vie, en commençant par la rénovation de son nouveau foyer. Et elle sait exactement à quel entrepreneur confier le chantier : un certain Wade King, qu’elle vient de rencontrer, et dont le regard brûlant ne l’a pas laissée indifférente – loin de là.
Deanna, elle, croyait mener une vie parfaite, aussi rangée que sa maison, mais son obsession de la perfection est en train de tout détruire : son mariage est au bord de l’implosion. Aujourd’hui, elle sait que, si elle ne change pas, elle risque de tout perdre.
Quant à Boston, elle était persuadée qu’elle et son mari passeraient leur vie ensemble : la passion qui brûlait entre eux semblait indestructible, jusqu’à ce drame qui a tout bouleversé.
Réunies par le destin, liées par une amitié hors du commun, ces trois jeunes femmes vont découvrir qui elles sont vraiment, à travers le rire, les larmes, et beaucoup, beaucoup d’amour…


Nina a toujours pris soin des autres, du plus loin qu’elle s’en souvienne. Mais aujourd’hui elle prend conscience qu’en s’occupant de tout et de tout le monde, elle est en train de passer à côté de sa vie. Il faut que ça change ! Alors non, elle ne prendra pas sous son aile sa sœur, revenue à Blackberry Island. Non, elle ne réparera pas les dégâts causés par les dernières frasques de sa mère, qui compte toujours sur elle pour la sortir du pétrin : pour une fois, cette dernière devra assumer ses responsabilités. A partir de maintenant, Nina se concentre sur ses propres problèmes – à commencer par sa vie amoureuse, qui est un sacré bazar : d’abord, il y a Dylan. Dylan, son premier amour, celui qui l’a quittée pour devenir médecin, et qu’elle n’a jamais oublié. Dylan, qu’elle revoit tous les jours, et qui suscite en elle un trouble de plus en plus grand. Et puis il y a Kyle. Kyle, son ami d’enfance, qui vient de lui avouer qu’il est amoureux d’elle depuis toujours. Kyle, pour qui elle éprouve des sentiments confus. En elle, c’est le chaos complet. Comment choisir entre les deux hommes qui font battre son cœur ?

Comentário: trilogia Blackberry Island. Começo por dizer que esta trilogia não tem nada a ver com o estilo das outras séries da autora. Quem esta à espera de ler algo parecido com Fool’s good, não leia, porque o mais provável é que termine desiludido com a  autora. Existe romance (sobretudo no segundo livro e terceiro), mas este é secundário. O importante são as relações de amizade, o ultrapassar dificuldades da vida. A autora quis fazer algo mais realista, criar uma historia de mulheres fortes e lutadoras, com problemas com os quais nos podemos identificar.

No primeiro livro as protagonistas são: Michelle veterana, regressa a casa para tomar conta do hotel da família e curar as feridas do corpo e da alma. É uma personagem marcada pela vida de soldado, por coisas que teve que fazer para sobreviver. Procura ajuda na bebida. O regresso vai ser complicado, o hotel esta em péssimo estado financeiramente, pior a sua antiga melhor amiga e agora inimiga trabalha no hotel, e ela vai ser obrigada a trabalhar com ela. Carly, teve uma vida que de rosa teve pouco. No liceu ganhou uma certa fama, em parte por culpa dela. As dificuldades continuaram: gravida, roubada pelo marido, o hotel foi a sua salvação. A chegada de Michelle vai ser um choque. Ao longo do livro acompanhamos a luta das duas, e a reconstrução da amizade. É um livro aonde a coisa tem o seu tempo de acontecer, o que torna tudo mais real.

No segundo livro são 3 protagonistas. As 3 são vizinhas moram num conjunto de casas conhecidas como as Três irmãs. Andi é a nova moradora. Pediatra, sente que é o fracasso dos pais: médicos reconhecidos e importantes. Abandonada pelo noivo no altar, decide afastar-se de todos e recomeçar de novo, ser finalmente ela própria, e não aquela que todos querem que seja. esta decidida a restaurar a casa, e para isso conta com a ajuda de Wade, por quem se sente atraída. O problema é que ambos têm bagagens emocionais, e medos a enfrentar. Deanna a perfeita. Uma infância violenta fez com que desejasse algo diferente para a sua família. esta obcecada em fazer tudo de forma correcta e perfeita. É considerada pelos outros fria, falsa, snob, algo que ela não consegue ver. Sofre de um TOC. A busca pela perfeição vai colocar em risco a família, o marido esta farto, as filhas igualmente sobretudo a mais velha uma pré-adolescente, que esconde o medo, em raiva e odio. Boston é pintora e a boémia. É casada, mas o casamento esta a atravessar uma crise. O motivo: a morte inesperada da filha bebé, uma morte que ela não consegue aceitar, que a leva a desenhar sem parar a filha a dormir. Um luto que ela não consegue fazer e que a vai distanciar do marido, farto de ver a esposa isolar-se, de não partilhar a dor, a culpa, os medos. 3 personagens diferentes, que a um dado momento descobrem que tem mais em comum do que imaginavam, e que se vão ajudar. O meu livro favorito.

No 3°, o livro a meu ver mais fraco: Nina é enfermeira de Andi, mas o seu sonho era ser médica. Desistiu para poder cuidar da mãe, que não esta doente, mas se comporta como uma criança, por vezes mimada e irresponsável, e da irmã mais nova. No fundo esta farta, mas não se consegue separar. Além dos problemas familiares agora tem mais dois: Dylan o antigo noivo que voltou e que não a deixa indiferente, que a abandonou sem entender os motivos dela para desistir da universidade, e Kyle um miúdo que ela guardou quando era adolescente, e que era apaixonado por ela. Agora voltou de miúdo não têm nada, um piloto que vai voltar a despertar o desejo nela. Averil, irmã mais nova de Nina que volta a casa para se “encontrar”. O marido quer ter filhos ela não sabe, na realidade não sabe o que quer, e tal como a mãe ainda não cresceu….



Nota Geral: 3/5

Escrita: 3

Cenário: 3.5

Originalidade: 3

Personagens: 4

Suspense: 2.5

Humor: 3

Romance: 3

Capa: 3.5

Aditivo: 3.5

Previsível: 3


62: Perguntem a Sarah Gross - João Pinto Coelho

 
Titulo: Perguntem a Sarah Gross

Titulo Original: Perguntem a Sarah Gross

Autor/a: João Pinto Coelho

Editora: D. Quixote

Género: Romance

Páginas: 399

Formato: e-book



Sinopse: Em 1968, Kimberly Parker, uma jovem professora de Literatura, atravessa os Estados Unidos para ir ensinar no colegio mais elitista da Nova Inglaterra, dirigido por uma mulher carismatica e misteriosa chamada Sarah Gross. Foge de um segredo terrivel e procura em St. Oswald's a paz possivel com a companhia da exuberante Miranda, o encanto e a sensibilidade de Clement e sobretudo a cumplicidade de Sarah. Mas a verdade persegue Kimberly ate ali e, no dia em que toma a decis?o que a poderia salvar, uma tragedia abala inesperadamente a instituic?o centenaria, abrindo as portas a um passado avassalador. Nos corredores da universidade ou no apertado gueto de Cracovia; a sombra dos choupos de Birkenau ou pelas ruas de Auschwitz quando ainda era uma cidade feliz, Kimberly mergulha numa historia brutal de dor e sobrevivencia para a qual ninguem a preparou. Rigoroso, imaginativo e profundamente cinematografico, com dialogos magistrais e personagens inesqueciveis.

Comentário: o inicio deste livro foi complicado. Admito, o facto de ler pouco em português não ajudou. Achei o texto, pesado, descritivo, um pouco chato, lento. E então deu-se o clic, e sem dar por ela já tinha terminado o livro. Acabei por adorar o livro, apesar de ter chorado como uma perdida (recomendo lenços). É um livro que sem ter uma violência explicita é um livro muito violento de diferentes modos. Este é um livro de emoções, impossível ficar indiferente. Excelente trabalho de investigação e pesquisa, desconhecia muitas coisas, e lamento por isso. A acção situa-se em duas épocas: antes, durante a segunda guerra mundial; 1968, cenários que se vão intercalando, que parecem não ter nada a ver, mas no fundo ligadas. A personagem principal começa por ser Kimberly, uma jovem professora cheia de ideais, e com um segredo, que a leva a esconder-se numa escola elitista, longe do mundo que ela conhece. O seu dia-a-dia, o que sente, como interage com colegas e alunos. A sua relação com a misteriosa e carismática directora: Sarah Gross. Uma mulher que tenta inovar, quebrar tradições. Esta é uma personagem secreta. É aos poucos que vamos descobrindo a sua vida. É nesta parte que o livro ganha vida, que as personagens ganham força, se tornam reais. Podia dizer muito sobre esta parte, mas o melhor é ler, não há nada melhor do que sentir à primeira leitura a força, a violência, a esperança, o amor, a normalidade de uma personagem em certos livros, e este é um desses livros.

Nota Geral: 4/5
Escrita:  4
Cenário: 4.5
Originalidade: 4
Personagens: 4
Suspense: 4
Investigação: 4.5
Romance: 3
Capa: 3.5
Aditivo: 5
Previsível: 3.5

61: Confiance aveugle - C. J. Lyons


Titulo: Confiance aveugle

Titulo Original: Blind faith

Autor/a: C. J. Lyons

Editora: Milady

Género: Thriller

Páginas: 474

Site: cjlyons


Sinopse: Sarah Durandt sait que l’assassin est mort. Elle l’a vu recevoir l’injection. Et pourtant, elle n’est pas apaisée : jamais il n’a voulu lui révéler où se trouvaient les corps de son mari et de son fils, qu’il lui a arrachés deux ans plus tôt. De retour chez elle, dans les monts Adirondacks, elle s’engage dans une quête désespérée pour le moindre indice. Mais la vérité qu’elle découvre la glace d’effroi. Peut-être ont-ils exécuté le mauvais coupable. Peut-être le véritable meurtrier est-il toujours en liberté. Et prêt à tuer de nouveau.

Comentário: 1° livro da série Caitlyn Tierney ( personagem que aqui acaba por ser um pouco acessório…)Este livro começa com uma execução, e o desespero de uma mulher. Sarah é uma personagem interessante, forte, determinada, triste, um pouco deprimida, e com muita raiva dentro de si. O filho e o marido morreram assassinados por um serial killer. Mas existe algo que a impede de seguir em frente, a não existência de corpos para enterrar, ao contrario das outras vitimas, o assassino recusa dizer aonde foram enterrados. Apoiada por família e amigos, Sarah recusa seguir o conselho de todo o mundo, seguir em frente. É esta teimosia, desespero em encontrar os corpos que vai levar Sarah a procurar ela mesma os corpos. Encontra um cadáver, que mesmo não sendo o do marido, vai desencadear uma série de acontecimentos. O que era verdade pode agora ser mentira. a escrita é simples, os capítulos dão “voz” a diferentes personagens o que permite uma visão global de tudo o que aconteceu e esta a acontecer. Interessante a segunda personagem principal a agente Caitlyn, mas a meu ver pouco desenvolvida. Tinha muitas vezes a sensação de acrescento em relação a esta personagem. Existe bastante suspense, que a um dado momento foi aos “ares”, a autora poderia ter “aberto o jogo” de uma forma menos rápida. Algumas situações eram um pouco extremas para ser convincentes. Final rápido, um pouco dramático. Existe romance, mas é melhor não falar nele, porque esta ligado ao “segredo” desta intriga. Curiosa para ver como a série vai prosseguir.

Nota Geral: 3.1/5
Escrita:  3.5
Cenário: 3.5
Originalidade: 3.5
Personagens: 3
Suspense: 3
Humor: 2.5
Romance: 2.5
Capa: 3.5
Aditivo: 3
Previsível: 3